Dia 8 eu estava na ESEF, achei que teria companhia, mas cheguei atrasada e fiquei sozinha no gramado, enquanto escurecia. Dessa vez consegui fazer o truque de tirar a perna, depois de umas 7 tentativas. Tudo graças ao tutorial da Deane Love, que ela postou no mesmo dia, bem quando eu estou tentando fazer esse truque.  Agora é prática. Mas o trio pulso, postura e equilíbrio são a essência do negócio. Também pude parar pra prestar atenção na minha respiração enquanto fazia os truques de sempre. Observo que qualquer movimento de cintura escapular parece auxiliar a melhorar o fluxo de ar que entra e sai.

dia 8 esef

Dia 9 eu estava em São Leopoldo, na casa do pai. Não foi lá muito organizado. Sem trilha sonora, só nos momentos pré-aniversário do tio. Mas deu pra fazer um pouco na rua e, de novo, prestar atenção na respiração e na relação dos ossos enquanto eu realizo os movimentos. Semelhante ao que vimos na aula sobre o sistema Laban-Bartenieff, mas aplicado ao bambolê de forma bem superficial e sutil.

Hoje, no décimo dia estava bem cansada, mas não desisti. Fiz em torno de 40 minutos e ainda respeitei a vontade do meu corpo de fazer Yoga depois, para relaxar. Hoje eu estava bem mais aérea que o normal, por isso usei esse momento para praticar a conscientização da respiração enquanto ficava mais tempo parada no lugar, de olhos fechados, com as mãos com o vitarka mudrá e o bambolê rodando delicadamente no quadril. Pratiquei um pouco do truque novo, mas no espaço reduzido, não foi tão bom. Trilha sonora: 30 seconds to Mars e Metric.

dia 10

O Yoga está sendo muito bom para mim. Na verdade, eu pratico com vídeos, mas se me dá vontade de fazer alguma coisa direto, sem o vídeo, me sinto segura para fazer só algumas sequências básicas. Também arrisco algumas coisas mais intermediárias, se me dá vontade.

yoga may 11 6 yoga may 11

Anúncios