Os dias 3 e 4 eu estava em São Francisco de Paula, com meu primo, tio, pai e vó. No sábado fiz a minha meia hora de tardezinha, com a família, sem trilha sonora. No domingo, ao meio-dia, com a trilha do mp3: Garbage, Florence e Metric. Testei alguns body rolls. Pela frente, continuam ruins, mas pelas costas até que sai de vez em quando.

dia 3

O dia 5 eu perdi. O dia 6 eu fiz 60 min para compensar o dia anterior. No meu quarto, com o de LED, e trilha sonora Amanda Palmer, Theater is Evil, mais algumas da Florence (Howl e Heavy in your arms, minha preferidas no momento). Hoje o espírito do dia era goofy hooping. Sem muitas inovações, o espírito era só sentir o mesmo movimento repetidas vezes. Além disso, não estava focada no movimento em si, só fazia os automatizados e acabei prestando atenção ao ambiente, como as sombras se moviam com o movimento do bambolê, e o reflexo que aparecia no vidro da janela, na tela do computador etc. Também estava pela música mesmo, estava precisando de um momento Amanda Fucking Palmer. Senti mais os músculos dos braços, dessa vez.

dia 6 60min

Anúncios